Análise de Água

Para conhecermos melhor a água que consumimos, coletamos e realizamos testes microbiológicos e físico-químicos nas amostras. Dentre as análises disponíveis estão:

• Consumo humano;
• Bactéria Legionella método ISO 11731;
• Bactéria Legionella Quick Test (método rápido);
• Sistemas de resfriamento aberto e fechado;
• Sistemas de água quente (boilers);
• Sistemas geradores de vapor;
• Brometo de Lítio; (novidade)
• Para análise de água de consumo humano também contamos com o Aquakit. Clique aqui e conheça.

Segmentos Atendidos

Saúde: Hospitais, clínicas, laboratórios, consultórios, farmácias, entre outros.

Indústrias: Automobilística, alimentos e bebidas, cosmética, farmacêutica, entre outros.

Serviços: Condomínios, edifícios comerciais, shoppings centers, hotéis, escritórios, lojas, restaurantes, universidades, escolas, bancos, entre outros.

Por que escolher a Conforlab para Análise de Água?

A Conforlab é acreditada na REBLAS / ANVISA para análise da água, além de pioneira em ser a 1ª empresa da América Latina aprovada pelo programa ELITE do CDC – Centers for Disease Control and Prevention para análise da bactéria LEGIONELLA.

Investimos em tecnologia e inovação, possuímos laboratórios equipados com o que há de mais moderno no mercado para garantir a qualidade das coletas e análises, fornecendo resultados com o mais alto nível de confiabilidade.

Perguntas frequentes

Qual a diferença entre o Método Rápido para Detecção de Legionella e a ISO 11731:2017?

Método Rápido Detecção de Legionella:

·     Maior acurácia, pois elimina os problemas existentes no transporte da amostra, reduzindo interferência na qualidade da água. As bactérias totais podem interferir na qualidade da água durante o transporte, além disso, como a Legionella normalmente não vive fora de protozoários, a qualquer momento pode ocorrer o rompimento de amebas e liberação de uma quantidade grande de Legionella, resultando em um resultado falso-positivo, ou seja, não é a realidade do local amostrado.

·     Inoculação em Tempo Zero – Isso é muito importante, pois a Legionella começa desenvolver-se a partir da amostragem. O kit de coleta possui meios de cultura específicos para o microrganismo, com isso, se houver presença da bactéria na amostra, será recuperada com maior precisão. No mesmo kit também é feita a análise de bactérias heterotróficas.

·     Resultado em até 2 dias de incubação, desta forma é possível tomar uma ação muito mais rápida, frente a uma contaminação ou um surto, do que o método ISO, que leva no mínimo 12 dias de incubação.  O tempo de entrega do relatório de ensaio é de até 3 dias úteis após a retirada da amostra.

 

Método ISO 11731:2017:

·     Pelo método tradicional da ISO é feito a amostragem de 500ml de água e a amostra é transportada para o laboratório, onde se iniciará o processo da análise e incubação das amostras. Nesse processo a amostra pode sofrer variações, como o citado anteriormente, e também pode ocorrer falta de nutrientes na amostra de água entre o início da coleta até o momento da análise e não conseguir recuperar a bactéria no laboratório, podendo resultar em valores irreais.

·     No método ISO o ensaio é feito por filtração e pode acarretar um resultado falso-positivo, pois, devido ao impacto que o processo gera, pode ocorrer o rompimento de amebas e liberação de uma alta concentração Legionella na amostra.

·     O tempo de entrega dos resultados é de até 15 dias. Em casos de surtos, demora-se muito para tomar uma ação.

Qual a periodicidade das análises da bactéria Legionella? Em qual local devo realizar essas análises? Como proceder caso o resultado for positivo para bactéria Legionella?

O ideal é, antes de contratar as análises laboratoriais, procurar um profissional avaliador de risco de Legionella que após uma inspeção da instalação irá definir se necessita análise, quais os locais, quantidades e periodicidade. Em caso de resultado positivo, o avaliador também irá indicar o melhor tratamento que varia em cada situação.
Geralmente, onde se fazem o maior número de análises são em locais com risco de contaminação, ou seja, onde tem água em aerossol (torres de resfriamento, chuveiros, fontes decorativas, entre outros).

O tratamento pode ser feito com dosagem de cloro em grande quantidade ou aquecimento da água acima de 70ºC.

O que são Coliformes Totais? E Coliformes Termotolerantes? Como devo proceder se o resultado apresentar presença de coliformes?

As bactérias do grupo coliformes habitam normalmente o intestino de homens e animais, servindo, portanto, como indicadores da contaminação de uma amostra de água.

Coliformes Totais são um grupo de bactérias que indicam presença de bactérias na água que não necessariamente representam problemas para a saúde.

Coliformes Termotolerantes, também denominado erroneamente como “Coliformes Fecais”, são um grupo de bactérias que normalmente não são encontradas em fezes. Quando encontramos esse tipo de bactéria é um indicativo de que a água foi contaminada por fezes e esgoto.

Caso o resultado apresente presença de coliformes, o ponto de consumo deve ser interditado e devem ser adotadas as medidas de higienização e desinfecção do mesmo. Após a adequação do processo de desinfecção, deve-se repetir a análise para confirmar os resultados.

O que são Bactérias Heterotróficas? Como devo proceder se o resultado apresentar contagem de bactérias heterotróficas elevada?

As bactérias heterotróficas, alimentam-se principalmente da matéria orgânica que conseguem decompor organismos mortos. Essas bactérias são amplamente utilizadas como indicador da qualidade da água potável ao fornecer informações adicionais sobre eventuais falhas na desinfecção, colonização e formação de biofilmes no sistema de distribuição.

Caso o resultado apresente qualquer contagem de bactérias heterotróficas, recomendamos verificar o processo de desinfecção (cloração). Se a água analisada é tratada deveria ter cloro, logo, deve-se investigar o ponto de consumo e/ou o reservatório se for o caso. Se for água bruta, deve-se instalar uma bomba dosadora de cloro.

Após a adequação do processo de desinfecção, deve-se repetir a análise para confirmar os resultados.

A água clorada pode apresentar presença de Coliformes e/ou alta concentração de Bactérias Heterotróficas?

A presença de Coliformes e/ou a alta concentração de Bactérias Heterotróficas podem ocorrer mesmo na presença do cloro livre na água, pois pode haver a presença de biofilmes nas tubulações, o que faz com que o teor de cloro não atinja essas bactérias. O biofilme, são associações de microrganismos e de seus produtos extracelulares, os quais se encontram aderidos a superfícies das tubulações, representando sistemas biológicos altamente organizados, onde as bactérias estabelecem comunidades funcionais estruturadas e coordenadas, resistentes à ação do cloro. Você deve procurar um profissional especifico no tratamento da água, para aplicar uma concentração maior de cloro (sem que este não ultrapasse os limites estabelecidos pela legislação), ou usar outro produto mais eficaz.

Por que valores abaixo de 0,2 mg/L de Cloro Livre são interpretados como “característicos”?

Valores abaixo de 0,2 mg/L de Cloro Livre são interpretados como característicos somente para amostragens realizadas na saída de sistemas que possuem filtração, visto que o cloro pode ser removido durante este processo.

Como devo proceder se o resultado apresentar Cor Aparente elevada?

Com resultado de cor aparente podemos interpretar a quantidade de material dissolvido na água (Orgânico ou Inorgânico). Caso este resultado apresente valores elevados recomendamos a verificação dos filtros, tempo de troca ou até mesmo substituição dos mesmos.